skip to Main Content

Somos portais para a vida

Há alguns dias, me veio tão nitidamente essa sensação, seguida da uma profunda gratidão por ser mulher e ser mãe: somos canais para a vida se manifestar!

Escrevo isso sem nenhuma romantização, porque sei o que é maternidade real e vivo cotidianamente os desafios de lidar com o turbilhão emocional de uma criança de 4 anos (prestes a se tornar irmão mais velho) e de uma gestação (desejada, planejada, mas cheia de surpresas) aos 42 anos. Vivo diariamente os desafios de acolher minhas próprias emoções diante dessa imensidão pulsante que é a busca por uma maternagem consciente, equilibrando o autocuidado e o cuidado com a família.

E, não apesar disso tudo, mas junto com isso tudo, me vem uma gratidão profunda por descobrir e acessar em mim a fonte de força e amor e luz. Mas não se iludam: não é um acesso direto e fácil. É resultado de uma busca com muita persistência e disposição amorosa. Eu acesso essa força quando estou nutrida, quando me cuido, quando peço e tenho apoio.

Nessa fonte, há uma potência de vida criativa que começa no ventre e se espalha pelo corpo e busca vir à luz.

Às vezes, essa potência cria um bebê. Outras vezes, cria um livro. Ou torna-se uma aula inesquecível, a defesa de uma causa, um almoço maravilhoso, uma pintura, um bordado, um belo jardim, um projeto arquitetônico, uma receita nova. Seja qual for sua obra, é a potência de vida criativa se manifestando através de você!

A gestação é uma manifestação dessa potência e parece expandi-la a um nível tão elevado que torna a mulher a própria fonte. E somos a vida a pulsar. E se, sob as condições adequadas (de autocuidado, de apoio, de abertura e disponibilidade), nos permitimos ser, podemos nos expressar e criar num nível incrível.

mãe gestante num abraço cpm seu filho mais velho

Autocuidado é o tema do livro que gestei juntamente com a bebê que está em meu ventre. O livro traz a dimensão intrapessoal da Comunicação Não-Violenta para a vida materna e está em campanha de financiamento coletivo no site da benfeitoria.com/livroautocuidado .
Foto: Drielle / Encanto Em Foco

Gestar uma nova vida em meu ventre me impulsionou a criar e trazer ao mundo mais uma obra: meu primeiro livro! Sobre maternagem, autocuidado, conexão consigo mesma e com os filhos. Sobre a vida que pulsa em nós. Sobre a vida que se manifesta e pede passagem.

Sou canal. Somos. Essa obra é nossa.

Venha ser co-criadora desse projeto e contribua para que o livro se materialize e possa ser editado, impresso e lançado em breve. Participe da campanha de financiamento coletivo para publicação dessa obra e apoie esse projeto para que chegue a mais mães, a mais mulheres, a todas as pessoas que possam se beneficiar dessas reflexões e partilhas. Para participar, é só clicar aqui para ver a campanha e apoiar!

Permita que a vida se manifeste também através de você!

Com muito amor e gratidão,
Maris

Todos os textos da sessão “Escrito à Mãe” do site cultivandocuidado.com bem como os textos do perfil no Instagram @cultivandocuidado são de autoria de Maristela Lima. Se estas reflexões fazem sentido para você, talvez elas sirvam também para suas amigas mães. Compartilhe com elas o link deste artigo e sempre cite a autoria. Assim, você valoriza e apoia o trabalho de uma mãe que escreve, contribuindo para que mais mulheres se beneficiem e me motivando para que eu continue a oferecer às mães conteúdos importantes, gratuitos e de qualidade.

Entre mães, precisamos no apoiar.
Com amor e gratidão,
Maris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top
WhatsApp Falar com Cultivando Cuidado <3